Skip to content

A nova edição da LER&CIA já está nas lojas

julho 7, 2017

Quando se fala em família na cozinha, muita gente se lembra da avó ou da mãe na beira do fogão fazendo delícias para as refeições. Mas, cada vez mais, vemos os homens descobrindo o prazer de cozinhar, muitas vezes inspirados por grandes nomes da gastronomia. Nosso entrevistado de capa é um deles, Olivier Anquier, que conta um pouco da sua história, carreira e também como é a relação entre seus filhos e a gastronomia. Aproveitamos a matéria para falar sobre os pais que têm feito sucesso na cozinha.

capa

Essa edição da LER&CIA traz também uma entrevista exclusiva com o autor Clóvis de Barros Filho que, com seus livros e palestras, levanta questionamentos sobre ética, amor e felicidade. Quem também fala à revista é a escritora Tati Bernardi, na seção Holofote.

Os fãs de séries serão convidados a abandonarem um pouco a tela para conhecer livros que deram origem aos programas. Já os apaixonados por literatura irão saber mais sobre o clássico A insustentável leveza do ser.

Os amantes de música irão conferir uma matéria sobre os 50 anos do icônico álbum Sgt. Pepper’s Lonely Heart Club Band, dos Beatles.

A LER&CIA ainda fala sobre o lançamento de Carros 3, na seção Pequenos Leitores, e Tekken 7, o novo game da franquia que leva o jogo de lutas a outro nível.

Confira também as centenas de ofertas de livros, tecnologia, papelaria, presentes, áudio e vídeo, além das promoções especiais de férias e produtos universitários.

LER&CIA está disponível em todas as lojas das Livrarias Curitiba e Livrarias Catarinense. Você pode acompanhar alguns trechos da revista pelo Twitter: @revista_lerecia.
 

Anúncios

10 tendências ditadas pelo iPhone

junho 26, 2017

O primeiro smartphone multi-touch, o iPhone, está completando uma década. O Shutterstock, um dos maiores bancos de imagens por assinatura, também foi impactada pela popularização do aparelho. Só em 2017, a empresa espera 1,5 milhões de uploads via iPhone. Para celebrar esse marco, o Shutterstock listou 10 tendências moldadas com a chegada do iPhone:

ip6

1 – Fotografia amadora: não existe a necessidade de equipamento especializado e conhecimento. Com um iPhone, qualquer usuário pode se tornar um fotógrafo.

2 – Fotos e vídeos verticais: o iPhone transformou a direção de conteúdos visuais

3 – Comunicação por imagens: um emoji pode substituir uma frase

4 – Notícias em tempo real: ao facilitar a transmissão de eventos em tempo real, o iPhone transforma qualquer cidadão comum em jornalista

5 – Imagens contextuais: agora, a fotografia faz parte da vida cotidiana

6 – Selfies: graças a câmera frontal, o iPhone difundiu um novo formato de autoexpressão

7 – Design responsivo: o design evoluiu para melhorar a navegação por dispositivos móveis

8 – HTML5 ao invés de Flash: o uso do html5 cresceu nos últimos anos, pois facilita a navegação touch

9 – App Store: um modelo inovador para distribuição digital

10 – Visual Brand Design: os aplicativos combinam com design e tecnologia

Facebook aponta as principais tendências de marketing até 2020

maio 19, 2017

O Facebook IQ, grupo de análises e estudos do Facebook, apresentou a primeira parte de um estudo que apontou as principais tendências de marketing e comunicação para os próximos três anos. As primeiras informações de “Shifts for 2020” são focadas em cinco tendências que deverão dominar o mercado nos próximos anos. Ao todo, a rede social publicará 20 tendências que deverão se consolidar até 2020.

O primeiro levantamento aponta que em 2020 mais pessoas terão celulares do que água corrente ou eletricidade em casa. Outro dado interessante é que o número de pessoas conectadas à internet ultrapassará a parcela que não possui acesso à rede.

curso-formacao-marketing-digital

Confira as primeiras cinco tendências divulgadas:

– Identidades omniculturais: identidades multifacetadas ganharão espaço. Cada vez mais, as pessoas irão rejeitar limites tradicionais, aderindo novas formas de autoidenti
ficação personalizadas. As mudanças serão maiores em áreas como gênero, maternidade e paternidade.

– Novas negociações: a tecnologia permitirá novas possibilidades, controle e vantagens para empresas e pessoas. As pessoas passarão a exigir mais das empresas, como melhorias em experiências móveis e no atendimento ao cliente. Outro ponto é a aceitação das pessoas será em relação ao aumento de preços, demonstrando a concordância em pagar mais em troca de conveniência.

– Próxima geração de trabalhadores: os millenials, ou Geração Y, serão a geração trabalhadora mais populosa até 2020. A maioria dessa geração possui uma visão estratégica e serão responsáveis por grandes mudanças em relação à flexibilidade e conexões com as empresas e pessoas com quem trabalham.

Envelhecimento da sociedade: devido às conexões sociais habilitadas pela tecnologia, as pessoas não só viverão melhor, mas também por mais tempo.

Comprando perto e longe: por um lado, as pessoas irã valorizar e apoiar o comércio e a cultura local. Mas, ao mesmo tempo, os consumidores irão procurar produtos de outras partes do mundo. Os dados do Facebook mostram que das 65 milhões de empresas presentes na plataforma, 35% de suas conexões são com pessoas de outros países.

Para conferir o estudo completo, clique aqui.

A edição 74 da LER&CIA já está nas lojas

maio 8, 2017

Você já parou para pensar em quanto tempo perde no seu dia procurando coisas? Para Micaela Goés, mais do que deixar um ambiente bonito, a organização tem o poder de facilitar a vida das pessoas, tornando-as mais produtivas. Em nossa entrevista de capa, a atriz que se realizou como personal organizer fala dos benefícios de ser uma pessoa organizada e como tornar isso possível no dia a dia.capa

Outro entrevistado dessa edição é o empreendedor Flávio Augusto da Silva. Ele, sem dinheiro, criou uma das maiores escolas de inglês do Brasil, a Wise Up, tornou-se milionário e hoje compartilha desse conhecimento com quem está em busca do sucesso.

A LER&CIA fala do sucesso corporativo, mas também do sucesso das telas e prateleiras. Começando com a tevê, confira uma matéria sobre seriados que conquistaram o público. Nas páginas, o foco é dos livros-reportagem e das histórias em quadrinhos que abordam todos os assuntos – não apenas infantis.

Na seção de Clássicos da Literatura, a revista fala sobre um dos maiores livros nacionais, Grande sertão: Veredas, e, em Pequenos Leitores, os desenhos coloridos e melodias agradáveis do Mundo Bita.

Leia ainda uma matéria sobre o lançamento do game Horizon Zero Dawn e uma entrevista exclusiva com o filósofo Luiz Felipe Pondé.

Aproveite para conferir as centenas de ofertas de livros, papelaria, presentes, áudio, vídeo, informática e tecnologia.

LER&CIA está disponível em todas as lojas das Livrarias Curitiba e Livrarias Catarinense. Você pode acompanhar alguns trechos da revista pelo Twitter: @revista_lerecia.

Estão abertas as inscrições para o Facebook Awards 2017

março 27, 2017

As inscrições para o Facebook Awards já estão abertas. Todos os anos, a rede social premia trabalhos criativos e que apresentem novas formas de contar histórias. Nesta edição, o foco será para trabalhos que emocionaram e inspiraram as pessoas.

A plataforma reconhecerá as melhores campanhas no Facebook, Instagram e no Audience Network – o último ainda não está disponível no Brasil. As campanhas que conseguiram potencializar seu negócio surpreendendo e emocionando as pessoas também ganharão destaque.

Em 2017, o Facebook Awards conta com novas categorias de premiação e um novo design para o seu troféu, que reflete as emoções provocadas pelos trabalhos.

facebook-awards.pngAs novas categorias incluem:

Laugh/Rir: Trabalhos que levam o humor para outro nível

Cry/Chorar: Trabalhos que nos levam a refletir e nos inspiraram de alguma forma

Wow/Surpreender: Trabalhos que impressionam pela criatividade e inovação

Love/Amar: Trabalhos que nos ligaram a marca

Act/Agir: Trabalhos que inspiraram uma mudança em nosso comportamento

O prazo para inscrições termina em 28 de abril de 2017. Para mais informações, acesse a página do Facebook Awards.

Tiago Iorc é a capa da nova edição da LER&CIA

março 2, 2017

“Canto e toco violão”, é assim que Tiago Iorc define o seu estilo. Com músicas tanto em inglês quanto em português, participações em festivais de música internacionais e presença na trilha sonora de várias novelas de sucesso, o artista tem conquistado um público fiel. Em entrevista exclusiva à LER&CIA, ele fala sobre sua carreira, do início aos dias de hoje.

Outro entrevistado dessa edição é o humorista Paulo Gustavo, que está levando milhões de pessoas ao cinema com o filme Minha mãe é um peça 2. Dona Hermínia ajudou a torná-lo conhecido do grande público. Nesta edição, ele conta um pouco sobre a criação da personagem tão caricata e fala sobre o humor no país.capturar

Você vai conferir, ainda, uma matéria sobre como os animais fazem parte da literatura. Mas já se prepare: não são apenas os fofinhos, como o labrador Marley, que aparecem nas páginas. Ainda falando em livros, conheça mais sobre o clássico Pollyana e as opções de leitura sobre Minecraft. O jogo é o tema da seção Pequenos leitores.

Os gamers ainda poderão celebrar o aniversário de 20 anos de grandes jogos, com a opinião de alguns especialistas sobre sua importância na história dos games.

Celebrando também o encontro do antigo com o novo, a LER&CIA fala sobre a volta do disco de vinil e traz uma matéria sobre as adaptações mais recentes dos clássicos infantis da Disney.

A revista encerra a edição com uma entrevista com o cantor Marcelo Yuka, na seção Holofote. Ele conta sobre seu mais novo lançamento, que é seu primeiro álbum solo.

Confira ainda centenas de ofertas de áudio, vídeo, tecnologia, informática, presentes, papelaria e livros. Não perca as ofertas de livros universitários e os descontos progressivos.

A LER&CIA está disponível em todas as lojas das Livrarias Curitiba e Livrarias Catarinense. Você pode acompanhar alguns trechos da revista pelo Twitter: @revista_lerecia.

As apostas para o content marketing em 2017

fevereiro 15, 2017

A Tracto, especializada em content marketing, consultou algumas das principais referências nos Estados Unidos sobre quais são suas apostas para o content marketing em 2017. As 15 principais são:

  1. Figital
    As empresas investiram mais no mundo figital (físico + digital), além da criação de novos formatos e canais de conteúdo. Uma aposta é que mais marcas lançarão revistas impressas.
  1. Foco apuradoMultiethnic Group of People Meeting with Symbol
    Crescerá a procura por segmentos mais específicos e nichos. Uma maneira de facilitar a busca será o uso de ferramentas de automação de marketing.
  1. Vídeo
    Para construção de posicionamento e credibilidade, os vídeos com conteúdo um pouco mais extenso ainda são considerados mais eficientes. Já para as redes sociais, as grandes apostas são os vídeos ao vivo ou vídeos de curta duração
  1. Anúncios
    A propaganda tradicional perderá espaço para o content marketing.
  1. Marketing de influência
    A aposta é que as marcas vão procurar adquirir outras empresas, até mesmo outros sites de mídia ou blogs de influenciadores. O principal objetivo será a criação de suas próprias mídias, para poderem expor seu ponto de vista.
  1. In house
    As agências podem perder espaço, como consequência do tópico anterior. As empresas irão procurar ter a própria equipe para construir um conteúdo com mais autenticidade.
  1. Assinatura
    Empresas de mídia tradicional irão aderir ao modelo de assinatura paga. Os profissionais de content marketing irão utilizar os meios pagos para disseminar conteúdo.
  1. Tecnologia
    A tecnologia ganhará espaço no content marketing. Conceitos como conteúdo inteligente, realidade aumentada, realidade virtual e inteligência artificial são as apostas da vez.
  1. Não-ficção
    Storytelling apresentará um certo crescimento. As gerações mais jovens procuram histórias reais, obrigando as marcas a usar a cultura do “não me conte, me mostre”.
  1. Retorno sobre o investimento
    A busca por resultados que apresentem algum retorno sobre o investimento irá prejudicar o content marketing em diversas marcas.
  1. Supremacia
    Facebook e Google ainda dominarão os budgets entre as plataformas digitais.
  1. Personas
    As empresas irão abandonar o conceito de buyer personas e vão buscar a personalização do conteúdo.
  1. Dispositivos móveis
    O conceito mobile first permanecerá crescendo, o que não irá refletir, por enquanto, em receitas.
  1. Native advertising
    O native advertising será abandonado pelas empresas.
  1. Podcasts
    Os podcasts continuarão a crescer, principalmente os voltados para as gerações mais jovens. 

As fontes consultadas foram: Convince & Convert, Content Marketing Institute, Podcast PNR This Old Marketing, Contently, Mashable, Blog de Brian Honigman e Growth Gurus.

 

Para mais informações sobre a pesquisa, acesse o site da Tracto.