Pular para o conteúdo

Atenção para os 4 Es

novembro 22, 2011

Criar um perfil on-line não garante efetividade para uma marca. A conclusão é que não estar nas redes é um atraso e fazer mau uso delas, um problema. Isso acontece porque as empresas estão inovando cada vez mais rápido e se tornando especialistas em “linkar” o ambiente on-line e off-line.

Existem quatro palavras que permeiam o sucesso dessa relação: experimentação, engajamento, exclusividade e emoção. Guarde bem todas elas e veja como estão sendo aplicadas em cases de sucessos.

1 – Experimentação: ações que proporcionam interação real entre a marca e permitem expressão nas redes sociais. Recentemente, postamos um vídeo sobre o caso da Natura que promoveu uma homenagem para mulheres que foram a um cinema em São Paulo. Vale a pena conferir: Natura: integração de sucesso entre o ambiente online e offline.

Há também o caso da Coca Cola, que promoveu um evento com jovens que curtiram as atividades off-line com uma interação on-line. Por exemplo, quem gostou da piscina podia colocar sua pulseira de identificação ao lado de um dispositivo de leitura e uma mensagem no Facebook era atualizada automaticamente no mural. Confira o resultado: Coca Cola Village.

2 – Engajamento: muitas pessoas têm utilizado a redes sociais para se manifestar e se posicionar com relação a temas políticos e sociais. Algumas dessas ações estão ganhando grande repercussão e impactam, ainda que indiretamente, a sociedade atual. Às empresas, cabe desenvolver ações que promovam – ou aproveitem – o engajamento do usuário.

3 – Exclusividade: atender as pessoas de forma exclusiva tem sido um marco nas redes sociais. Com estas atitudes, as empresas saem na frente e marcam pessoas. Veja como isso é possível com o vídeo da KLM Suprise. A companhia aérea KLM não apenas procurou dar algo para seus clientes, como usou as mídias sociais para delinear o perfil do consumidor e oferecer algo que, de fato, fosse útil a ele. E o resultado é, além da satisfação por um atendimento exclusivo, a replicação e repercussão das ações. O exemplo fica por conta da última presenteada que aparece no vídeo: como ela estava indo para Nova Iorque (segundo seu tweet), a empresa deu a ela um guia da cidade e a resposta da passageira foi: “Vou twittar isso agora”.

4 – Emoção: conquistar por meio da emoção não é novidade. E é por esse motivo que cativar pessoas está se tornando uma tarefa cada vez mais especial. Além de despertar a empatia do público, as ações que envolvem as emoções têm uma grande repercussão, já que os usuários têm vontade de contar o que viveram e compartilhar o conteúdo com seus amigos, familiares e conhecidos. Confira como a construtora Rossi usou um livro e a internet para contar uma história, promover senso de comunhão e, é claro, vender imóveis: Conto a céu aberto.

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: