Skip to content

Estudo releva que um terço da população mundial usa redes sociais

agosto 10, 2017

A eMarketer, empresa de consultoria em Marketing e Social Media, divulgou um estudo que aponta que um terço da população mundial já usa as redes sociais. O Brasil é o quarto na lista, com um total de 107,1 milhões de usuários de redes sociais no mundo. Nas primeiras posições encontram-se China, Índia e EUA, respectivamente.  A empresa acredita que até o fim de 2017 o número de usuários de pelo menos uma rede social será de 2,46 bilhões de pessoas.

celular-redes-sociais

O crescimento de 8,2% está diretamente relacionado ao aumento do uso de smartphones e da expansão da cobertura mobile em diversas partes do mundo. Para 2021, a previsão é de três bilhões de pessoas conectadas nas redes sociais.

O Facebook é a rede social mais popular no Brasil. A expectativa é que o país terá cerca de 101 milhões de usuários até o final de 2017, representando 36,2% dos usuários da rede social de Zuckerberg na América Latina. O Twitter aparece atrás do Facebook, e é apontado como principal fonte de notícias. O eMarketer estima que 72,7 milhões de pessoas acessem o Twitter ao menos uma vez por mês.

Dicas para melhorar suas estratégias nas redes sociais

julho 20, 2017

O que destaca a sua página entre as demais existentes nas redes sociais? Conteúdo e qualidade do que é publicado são os diferencias para o especialista em marketing digital e fundador da mLabs, Rafael Kiso. Para ajudar a se posicionar e fazer a diferença nas redes sociais, Kiso destacou algumas dicas importantes:

redes-sociais

1 – Toda rede social tem um propósito
Cada rede social tem o seu propósito e suas características. Considerar esses fatores é fundamental para entender melhor cada plataforma e determinar o tipo de conteúdo mais adequado para cada rede.

2 – Entender o próprio negócio
Estar integrado sobre o seu próprio negócio possibilita um trabalho mais efetivo e que realmente faça a diferença na internet.

3 – Saber quem é e onde está o seu consumidor
Não esqueça de pesquisar sobre o seu consumidor, desde o estilo de vida até as redes sociais preferidas dessas pessoas. Os dados colhidos irão direcionar o seu conteúdo.

4 – Conteúdo não é propaganda
Lembre-se: conteúdo não é propaganda. As redes socais possuem uma linguagem particular e própria, então é necessário um cuidado ao publicar ou tentar vender e mostrar um produto nas plataformas.

5 – As pessoas irão se relacionar com outras pessoas
As redes sociais possuem um principal objetivo: conectar pessoas. É importante não esquecer dessa característica e criar conteúdo que levem em conta esse ponto.

6 – A diferença entre mídias sociais e redes sociais
É importante saber a diferença entre os dois termos. Mídias sociais são veículos ou ferramentas que permitem a produção, divulgação e compartilhamento de conteúdo. As redes sociais são os canais, ou seja, plataformas como Facebook, Twitter, Instagram e Youtube.

7 – Entender o público como porta-voz do negócio
Uma outra estratégia é pensar em seu público como um porta-voz de seu negócio. Quando um consumidor admira uma marca ou empresa, ele faz uma publicidade espontânea a seus conhecidos. Por isso, é importante elaborar uma comunicação que conquiste seus clientes.

8 – O conteúdo precisa fazer sentido para a vida das pessoas
As emoções devem ser levadas em conta no momento de criar um conteúdo. As publicações devem fazer sentido para o público, para que ele compartilhe a postagem e continue acompanhando o seu negócio.

9 – Seja onlife
Produza um conteúdo inovador que integre o conteúdo online e o off-line.

A nova edição da LER&CIA já está nas lojas

julho 7, 2017

Quando se fala em família na cozinha, muita gente se lembra da avó ou da mãe na beira do fogão fazendo delícias para as refeições. Mas, cada vez mais, vemos os homens descobrindo o prazer de cozinhar, muitas vezes inspirados por grandes nomes da gastronomia. Nosso entrevistado de capa é um deles, Olivier Anquier, que conta um pouco da sua história, carreira e também como é a relação entre seus filhos e a gastronomia. Aproveitamos a matéria para falar sobre os pais que têm feito sucesso na cozinha.

capa

Essa edição da LER&CIA traz também uma entrevista exclusiva com o autor Clóvis de Barros Filho que, com seus livros e palestras, levanta questionamentos sobre ética, amor e felicidade. Quem também fala à revista é a escritora Tati Bernardi, na seção Holofote.

Os fãs de séries serão convidados a abandonarem um pouco a tela para conhecer livros que deram origem aos programas. Já os apaixonados por literatura irão saber mais sobre o clássico A insustentável leveza do ser.

Os amantes de música irão conferir uma matéria sobre os 50 anos do icônico álbum Sgt. Pepper’s Lonely Heart Club Band, dos Beatles.

A LER&CIA ainda fala sobre o lançamento de Carros 3, na seção Pequenos Leitores, e Tekken 7, o novo game da franquia que leva o jogo de lutas a outro nível.

Confira também as centenas de ofertas de livros, tecnologia, papelaria, presentes, áudio e vídeo, além das promoções especiais de férias e produtos universitários.

LER&CIA está disponível em todas as lojas das Livrarias Curitiba e Livrarias Catarinense. Você pode acompanhar alguns trechos da revista pelo Twitter: @revista_lerecia.
 

10 tendências ditadas pelo iPhone

junho 26, 2017

O primeiro smartphone multi-touch, o iPhone, está completando uma década. O Shutterstock, um dos maiores bancos de imagens por assinatura, também foi impactada pela popularização do aparelho. Só em 2017, a empresa espera 1,5 milhões de uploads via iPhone. Para celebrar esse marco, o Shutterstock listou 10 tendências moldadas com a chegada do iPhone:

ip6

1 – Fotografia amadora: não existe a necessidade de equipamento especializado e conhecimento. Com um iPhone, qualquer usuário pode se tornar um fotógrafo.

2 – Fotos e vídeos verticais: o iPhone transformou a direção de conteúdos visuais

3 – Comunicação por imagens: um emoji pode substituir uma frase

4 – Notícias em tempo real: ao facilitar a transmissão de eventos em tempo real, o iPhone transforma qualquer cidadão comum em jornalista

5 – Imagens contextuais: agora, a fotografia faz parte da vida cotidiana

6 – Selfies: graças a câmera frontal, o iPhone difundiu um novo formato de autoexpressão

7 – Design responsivo: o design evoluiu para melhorar a navegação por dispositivos móveis

8 – HTML5 ao invés de Flash: o uso do html5 cresceu nos últimos anos, pois facilita a navegação touch

9 – App Store: um modelo inovador para distribuição digital

10 – Visual Brand Design: os aplicativos combinam com design e tecnologia

Facebook aponta as principais tendências de marketing até 2020

maio 19, 2017

O Facebook IQ, grupo de análises e estudos do Facebook, apresentou a primeira parte de um estudo que apontou as principais tendências de marketing e comunicação para os próximos três anos. As primeiras informações de “Shifts for 2020” são focadas em cinco tendências que deverão dominar o mercado nos próximos anos. Ao todo, a rede social publicará 20 tendências que deverão se consolidar até 2020.

O primeiro levantamento aponta que em 2020 mais pessoas terão celulares do que água corrente ou eletricidade em casa. Outro dado interessante é que o número de pessoas conectadas à internet ultrapassará a parcela que não possui acesso à rede.

curso-formacao-marketing-digital

Confira as primeiras cinco tendências divulgadas:

– Identidades omniculturais: identidades multifacetadas ganharão espaço. Cada vez mais, as pessoas irão rejeitar limites tradicionais, aderindo novas formas de autoidenti
ficação personalizadas. As mudanças serão maiores em áreas como gênero, maternidade e paternidade.

– Novas negociações: a tecnologia permitirá novas possibilidades, controle e vantagens para empresas e pessoas. As pessoas passarão a exigir mais das empresas, como melhorias em experiências móveis e no atendimento ao cliente. Outro ponto é a aceitação das pessoas será em relação ao aumento de preços, demonstrando a concordância em pagar mais em troca de conveniência.

– Próxima geração de trabalhadores: os millenials, ou Geração Y, serão a geração trabalhadora mais populosa até 2020. A maioria dessa geração possui uma visão estratégica e serão responsáveis por grandes mudanças em relação à flexibilidade e conexões com as empresas e pessoas com quem trabalham.

Envelhecimento da sociedade: devido às conexões sociais habilitadas pela tecnologia, as pessoas não só viverão melhor, mas também por mais tempo.

Comprando perto e longe: por um lado, as pessoas irã valorizar e apoiar o comércio e a cultura local. Mas, ao mesmo tempo, os consumidores irão procurar produtos de outras partes do mundo. Os dados do Facebook mostram que das 65 milhões de empresas presentes na plataforma, 35% de suas conexões são com pessoas de outros países.

Para conferir o estudo completo, clique aqui.

A edição 74 da LER&CIA já está nas lojas

maio 8, 2017

Você já parou para pensar em quanto tempo perde no seu dia procurando coisas? Para Micaela Goés, mais do que deixar um ambiente bonito, a organização tem o poder de facilitar a vida das pessoas, tornando-as mais produtivas. Em nossa entrevista de capa, a atriz que se realizou como personal organizer fala dos benefícios de ser uma pessoa organizada e como tornar isso possível no dia a dia.capa

Outro entrevistado dessa edição é o empreendedor Flávio Augusto da Silva. Ele, sem dinheiro, criou uma das maiores escolas de inglês do Brasil, a Wise Up, tornou-se milionário e hoje compartilha desse conhecimento com quem está em busca do sucesso.

A LER&CIA fala do sucesso corporativo, mas também do sucesso das telas e prateleiras. Começando com a tevê, confira uma matéria sobre seriados que conquistaram o público. Nas páginas, o foco é dos livros-reportagem e das histórias em quadrinhos que abordam todos os assuntos – não apenas infantis.

Na seção de Clássicos da Literatura, a revista fala sobre um dos maiores livros nacionais, Grande sertão: Veredas, e, em Pequenos Leitores, os desenhos coloridos e melodias agradáveis do Mundo Bita.

Leia ainda uma matéria sobre o lançamento do game Horizon Zero Dawn e uma entrevista exclusiva com o filósofo Luiz Felipe Pondé.

Aproveite para conferir as centenas de ofertas de livros, papelaria, presentes, áudio, vídeo, informática e tecnologia.

LER&CIA está disponível em todas as lojas das Livrarias Curitiba e Livrarias Catarinense. Você pode acompanhar alguns trechos da revista pelo Twitter: @revista_lerecia.

Estão abertas as inscrições para o Facebook Awards 2017

março 27, 2017

As inscrições para o Facebook Awards já estão abertas. Todos os anos, a rede social premia trabalhos criativos e que apresentem novas formas de contar histórias. Nesta edição, o foco será para trabalhos que emocionaram e inspiraram as pessoas.

A plataforma reconhecerá as melhores campanhas no Facebook, Instagram e no Audience Network – o último ainda não está disponível no Brasil. As campanhas que conseguiram potencializar seu negócio surpreendendo e emocionando as pessoas também ganharão destaque.

Em 2017, o Facebook Awards conta com novas categorias de premiação e um novo design para o seu troféu, que reflete as emoções provocadas pelos trabalhos.

facebook-awards.pngAs novas categorias incluem:

Laugh/Rir: Trabalhos que levam o humor para outro nível

Cry/Chorar: Trabalhos que nos levam a refletir e nos inspiraram de alguma forma

Wow/Surpreender: Trabalhos que impressionam pela criatividade e inovação

Love/Amar: Trabalhos que nos ligaram a marca

Act/Agir: Trabalhos que inspiraram uma mudança em nosso comportamento

O prazo para inscrições termina em 28 de abril de 2017. Para mais informações, acesse a página do Facebook Awards.